Crítica: Mãe!

Crítica: Mãe!

Mãe! é o novo filme de Darren Aronofsky, diretor indicado ao Oscar e ao Globo de Ouro por “Cisne Negro”, estrelado por Jennifer Lawrence, Javier Bardem, Ed Harris e Michelle Pfeiffer. A trama conta a história do casal formado por Lawrence e Bardem: ela é a esposa dedicada que se doa para o relacionamento e investe todo o empenho possível para tornar a casa um paraíso para seu marido. Ela é musa inspiradora e vulnerável, mas…

[ Leia Mais ... ]

Crítica: Amityville – O Despertar

Crítica: Amityville – O Despertar

Amityville: O Despertar (Amityville: The Awakening) é o novo filme com a famosa casa da cidade de Amityville como pano de fundo. As tragédias reais ocorridas no local inspiraram o livro de 1977, The Amityville Horror, que deu origem a inúmeros filmes e séries. Em Amityville (estado de Nova Iorque, EUA) em 1974, Ronald DeFeo Jr., de 23 anos, foi acusado de matar toda a família a tiros na casa onde viviam enquanto dormiam. Ele…

[ Leia Mais ... ]

[Crítica] Transformers: O Último Cavaleiro

[Crítica] Transformers: O Último Cavaleiro

Para muitos, Transformers apresentou um mundo curioso em seu primeiro filme, o qual foi virando cada vez mais um amontoado de explosões, robôs everywhere, diálogos bobos e interesses desnecessários da câmera pelo corpo de personagens femininas. Com a estreia do quinto filme da franquia, olhos destreinados podem achar que a história traz mais do mesmo. No entanto, para aqueles que acompanham os autobots e decepticons há mais tempo, a trama pode ter se reerguido ao…

[ Leia Mais ... ]

[Crítica] A Múmia

[Crítica] A Múmia

Ao trazer novamente às telonas a trama do ser egípcio que é ressuscitado milênios mais tarde com grandes poderes, a Universal Studios não só condenou a alma do personagem de Tom Cruise no novo filme, mas também a da franquia de 1999. Se Brendan Fraser, Rachel Weisz e John Hannah nos trouxeram personagens carismáticos para lidar com um mal inesperado, Tom Cruise falhou em tentar condensar as características dos três no personagem irritante de Nick…

[ Leia Mais ... ]

[Crítica] – Mulher Maravilha

[Crítica] – Mulher Maravilha

Em um momento de insanidade global, no qual o sofrimento é tão grande que fica fácil se submeter a inversões de valores e permanecer desconectado emocionalmente do outro, chega uma heroína para salvar o dia. A Mulher-Maravilha fez sua primeira aparição nos quadrinhos em 1941, criada por Willian Marston (inspirado em sua própria esposa Elizabeth Marston), lutando contra o sexismo, a supremacia racial e a violência descontrolada que era vigente no período da Segunda Guerra Mundial….

[ Leia Mais ... ]

[Crítica] Vida

[Crítica] Vida

A franquia de Alien foi revolucionária no gênero de “horror no espaço” – a história do ser galáctico que vai se desenvolvendo e matando um a um os tripulantes da nave se tornou ilustre. A tentativa de trazer a claustrofobia de estar preso dentro de uma lata de metal e o desespero da fuga dos tripulantes contra uma ameaça imprevisível, poderosa e mortal foi falha em Prometheus (2012), o que deixou os fãs da saga…

[ Leia Mais ... ]

[Crítica] Paixão Obsessiva

[Crítica] Paixão Obsessiva

Uma das grandes lições de vida é aquela coisa de não julgar um livro pela sua capa. Na área cinematográfica, podemos dizer que não devemos julgar um filme antes de assistí-lo. Por essa razão, quando lhe é apresentado um longa com um título clichê e um trailer que não ajuda a dissipar essa visão, você mesmo assim tenta manter uma cabeça aberta ao sentar na poltrona do cinema. Quem sabe o filme tem uma virada…

[ Leia Mais ... ]

[Crítica] A Vigilante do Amanhã

[Crítica] A Vigilante do Amanhã

A Vigilante do Amanhã, ou Ghost In The Shell para os mais antigos, é a adaptação de um mangá e anime de mesmo nome que chega aos cinemas pelos estúdios Arad Productions, DreamWorks, Grosvenor Park Productions, Paramount Pictures, Reliance Entertainment, Seaside Entertainment e Steven Paul Production. Foi dirigido por Rupert Sanders e roteirizado por Jamie Moss e William Wheeler. A história original é de Masamune Shirow. Em um futuro em que a tecnologia está em todos os lugares, a Major (Scarlett Johansson) é a primeira de sua espécie: uma humana aperfeiçoada para…

[ Leia Mais ... ]

[Crítica] A Cabana

[Crítica] A Cabana

Bombardeamentos, ataques terroristas, corrupção na política, crimes raciais, violência de gênero, morte em massa de imigrantes, crise econômica – é manipulação do que comemos e de onde vivemos daqui, é direito político-social sendo retirado dalí, é desemprego descontrolado, é falta de dinheiro para necessidades básicas, é gente louca comandando países e gente inocente morrendo na angústia. É medo. É raiva. É ódio. É frustração. Nesse jeito como as coisas estão – como as coisas estão…

[ Leia Mais ... ]

[Crítica] A Bela e a Fera

[Crítica] A Bela e a Fera

A história original de A Bela e a Fera (La Belle et la Bête) foi escrita pela novelista francesa Gabrielle-Suzanne Barbot de Villeneuve e foi publicada em 1740 no La Jeune Américaine et les contes marins (A Jovem Americano e os Contos Marinhos, em francês). A história foi reescrita e adaptada várias vezes até chegar na variante do conhecido clássico de 1991 da Disney, que inspirou abertamente o filme de 2017 do qual falaremos. A história do novo filme é…

[ Leia Mais ... ]
1 2 3